BRASIL

ALCKMIN VAI AO “CONGRESSO DOS PREFEITOS” EM FLORIANÓPLIS

O Antagonista registra que no “Congresso de Prefeitos”, em Florianópolis, na manhã desta quarta-feira, Geraldo Alckmin disse que “as alianças estão caminhando bem”.

“Temos, além do PSDB, mais 4 partidos encaminhados. Acho que vai crescer, mas vai ser lá no fim de julho, porque, com a lei nova, a convenção não pode mais ser feita, como era, em primeiro de junho, só a partir de 20 de julho.”

O ex-governador falou do caso específico do DEM.

“O Democratas, nós respeitamos. O Rodrigo Maia é um bom quadro da nova geração. Enquanto [o DEM] tiver candidato, não tem nenhum problema. Se pudermos estar juntos lá na frente, é tudo que nós queremos.”

A prioridade de Geraldo Alckmin, nesta quarta-feira, em Florianópolis:

“A prioridade é emprego e renda. Esse é o caminho. O Brasil precisa voltar a crescer. Não é possível ter 13 milhões de desempregados, mais de 7 milhões em desabrigo. É preciso melhorar a renda, o poder de compra da população. Trazer investimento para o Brasil, desburocratizar, simplificar, fazer mudanças estruturais.”

Na segunda-feira, o ex-governador havia dito em Aracaju que Segurança Pública é a maior preocupação do brasileiro, mas, na hora de falar na prioridade de seu eventual governo, com frequência ignora o tema, limitando-se a emprego e renda.

Geraldo Alckmin disse ainda em Florianópolis que “sem crescimento, não tem solução”.

“Hoje há uma dificuldade fiscal muito grande das prefeituras, dos estados e da União, que, além de não investir, ainda gasta todo ano 120, 130 bilhões [de reais] a mais do que arrecada. O Brasil precisa voltar a crescer. Voltando a crescer, claro, todos os governos vão arrecadar mais.

Para voltar a crescer, precisa diminuir o tamanho do Estado. Precisamos fazer um ajuste fiscal, que nós pretendemos fazer rapidinho, se Deus quiser, se for eleito, a partir de janeiro, como fiz em São Paulo, sem aumentar impostos. Nós investimos muito em reduzir a carga tributária.

[É preciso] Simplificar o modelo tributário, que hoje é muito complexo, destravar a economia, reduzir custo de dinheiro, [promover] abertura comercial com maior exportação e conquista de mercados, [cuidar da] educação básica.

O Brasil, para crescer, precisa ter investimento. Para ter investimento, precisa ter confiança de que as coisas vão caminhar bem, no caminho da modernização, da competitividade, da eficiência.”

Mas, sem crescimento em intenções de voto, não tem solução.

Geraldo Alckmin desembarcará em Brasília ainda hoje para um jantar com a bancada tucana.

Alckmin deverá cobrar “apoio irrestrito” dos deputados e senadores do partido à sua candidatura ao Planalto.

Anúncios

1 resposta »

  1. Alckmin vem demonstrando preparo e experiência para o cargo que se candidatou. Os anos que Alckmin esteve a frente do estado de São Paulo lhe trouxeram a competencia necessária para ser um grande presidente.

    Curtir

OBRIGADO POR CURTIR E PARTICIPAR DO NOSSO BLOG.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s