BRASIL

TEMER CEDE E ATENDE REIVINDICAÇÕES DE CAMINHONEIROS

Os líderes de caminhoneiros que não assinaram o acordo do governo semana passada voltaram hoje ao Palácio do Planalto para tentar negociar novas pautas, informa a Folha.

Além dos 12 itens propostos pelo governo na quinta-feira, os manifestantes pedem que as alíquotas de PIS/Cofins e Cide do diesel sejam zeradas.

Eles também querem que seja criada uma MP para regular preços de fretes, redução do preço do diesel para o valor que era cobrado em julho de 2017 e o congelamento do preço por 90 dias.

Os manifestantes disseram que a desmobilização dos caminhoneiros só terá início quando as medidas forem publicadas no Diário Oficial da União.

Em pronunciamento agora à noite, Michel Temer anunciou uma série de medidas que atendem à pauta de reivindicações dos caminhoneiros autônomos.

Temer prometeu zerar a Cide e o PIS/Cofins incidentes no preço do diesel, o que reduzirá seu valor em 46 centavos. O novo preço será mantido por 60 dias e, a partir daí, os reajustes do combustível serão mensais.

O presidente também vai editar três medidas provisórias: uma para acabar com a cobrança de pedágio sobre eixo suspenso, outra para garantir 30% dos fretes da Conab para esses profissionais e uma terceira para estabelecer a tabela mínima de frete.

Anúncios

Categorias:BRASIL

Marcado como:, ,

OBRIGADO POR CURTIR E PARTICIPAR DO NOSSO BLOG.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s