REGIONAL

CE: INFLAÇÃO NA GRANDE FORTALEZA É A MENOR DESDE 2012 PARA JANEIRO

A inflação na Região Metropolitana de Fortaleza (RMF) em janeiro recuou em relação à dezembro e janeiro do ano passado, sendo a mais baixa para meses de janeiro desde 2012. Medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) registrou crescimento de 0,34,%. No Brasil, apresentou variação de 0,29%, abaixo do 0,44% de dezembro e foi o IPCA mais baixo para os meses de janeiro desde a criação do Plano Real.

Em Fortaleza, a inflação foi puxada pelo grupo alimentação e bebidas que subiu 0,87%. Segundo o gerente da pesquisa do IPCA, Fernando Gonçalves, o grupo foi responsável por 0.28 ponto percentual (p.p) do 0,34 p.p. Mas o que mais influenciou foi a gasolina que teve alta de 2,90% em janeiro. O preço do tomate teve elevação de 34,35% mas, de acordo com ele, as frutas, com aumento de 6,32%, pesaram mais. O impacto do aumento da passagem de ônibus urbano só vai aparecer na pesquisa de fevereiro porque quando entrou em vigor (3/2) a coleta de dados já estava encerrada.

FOTO: O POVO

A inflação da RMF, medida pelo IPCA, no primeiro mês do ano, é a sexta maior alta entre as regiões pesquisadas e está acima da média nacional brasileira, 0,29%. Mas medida pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), que se refere se refere às famílias com rendimento monetário de um a cinco salários mínimos, é a terceira maior do País com variação de 0,37%.

O analista do Instituto de Pesquisa e Estratégia Econômica do Ceará (Ipece), Daniel Suliano, explica que parte dessa desaceleração ocorreu em razão do recuo dos preços no grupo habitação, que foi impulsionado pelo ítem energia elétrica, com queda de 4,55% na RMF. Acrescenta que no grupo transportes, o destaque foi para Combustíveis, com variação de 2,50%. “Na contramão dos meses anteriores, o grupo alimentação e bebidas teve a maior aceleração na região, com destaque para os ítens tubérculos, raízes e legumes (26,04%) e Frutas (6,32%)”, diz Suliano em comentário no documento “Termômetro da Inflação ” no site.

INDÚSTRIA
O IBGE divulgou ontem também os dados da Produção Industrial onde o Ceará teve destaque na passagem de novembro para dezembro de 2017, com variação de 4,9%. Nesse mesmo período a produção industrial nacional cresceu cresceu, na série com ajuste sazonal, em oito dos 14 locais pesquisados. Além da indústria cearense mostraram taxas positivas e avanços maiores a do Rio Grande do Sul (6,8%) e Amazonas (6,2%). Ceará (4,9%) e São Paulo (3,0%) também assinalaram crescimento acima da média da indústria (2,8%), enquanto Santa Catarina (1,6%), Paraná (1,6%), Rio de Janeiro (1,0%) e Minas Gerais (0,2%)
completaram o conjunto de locais com índices positivos em dezembro de 2017.

Fonte: O Povo

Anúncios

Categorias:REGIONAL

Marcado como:, ,

OBRIGADO POR CURTIR E PARTICIPAR DO NOSSO BLOG.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s