BRASIL

O INSUPERÁVEL ZANIN

O advogado de Lula questionou a autenticidade das planilhas do departamento de propinas da Odebrecht.

O que fez Sergio Moro?

Mandou a PF periciar o material.

Em vez de aproveitar a chance de desmascarar a Lava Jato, demonstrando a falsidade das provas apresentadas contra seu cliente, o advogado de Lula entrou com um processo no TRF-4 para tentar barrar o trabalho dos peritos.

Ontem à tarde, o desembargador João Pedro Gebran Neto negou o pedido, evidentemente.

Em breve, a PF poderá anexar a perícia sobre a conta Amigo ao processo criminal em que Lula é acusado de ter recebido propina da Odebrecht.

Obrigado, Cristiano Zanin.

tiro no pé do advogado de Lula é evidenciado por uma passagem da liminar do desembargador João Pedro Gebran Neto.

Ao concordar com a decisão do juiz Sergio Moro de mandar periciar as planilhas do departamento de propinas da Odebrecht, ele diz:

“Não se está aqui analisando provas paralelas que possam macular a instrução da Ação Penal número 5063130-17.2016.4.04.7000/PR, mas sim o próprio objeto do incidente de falsidade, proposto, aliás, pela defesa do corrigente, e não de ofício pelo juízo.

Em exame liminar, portanto, vejo como adequada a premissa que orientou a realização de perícia em material complementar, recebido em acordo de cooperação internacional.”

Fonte: O Antagonista

Anúncios

Categorias:BRASIL

Marcado como:, ,

OBRIGADO POR CURTIR E PARTICIPAR DO NOSSO BLOG.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s