BRASIL

‘SÓ ALCKMIN PODE VENCER LULA’

“Só Alckmin pode vencer Lula, se este for candidato em 2018”, disse ao Estado o governador do Paraná, Beto Richa (PSDB). No último ano de seus dois mandatos – o que o impede de candidatar-se à outra reeleição – o governador afirmou que está “fortemente inclinado” a cumpri-lo até o fim, o que significa não ter de se desincompatibilizar para concorrer a um novo mandato legislativo.

Nesse caso, se engajaria mais fortemente na candidatura tucana à Presidência da República. Richa nem considerou, na entrevista, que ainda haverá prévias para definir o candidato. Para ele, é o governador tucano de São Paulo, Geraldo Alckmin. “Aqui no Paraná o PT nunca venceu eleição presidencial”, lembrou. “O Alckmin tem tudo o que os brasileiros querem depois de tanta turbulência: segurança, experiência e seriedade.”

Avô de três netos aos 52 anos, e piloto automobilístico há 34 – sua sala exibe os troféus que ganhou na recente 500 milhas de Londrina, pilotando uma Maserati alugada – Richa falou sobre a situação do senador Aécio Neves (PSDB-MG). “Nunca pedi e jamais pediria empréstimo pessoal a empresários”, disse. “Mas eu não posso querer que todas as pessoas pensem como eu. Ele tem as suas explicações, a sua argumentação, e vai se defender na Justiça. Ninguém pode ser condenado antecipadamente.”

Ex-deputado estadual por duas vezes, ex-prefeito de Curitiba reeleito, o governador teve seu pior momento em abril de 2015. A tropa de choque da Polícia Militar reprimiu com violência desmedida professores e alunos que se manifestavam contra um projeto de lei que mudava o custeio do Regime Próprio da Previdência Social dos servidores estaduais. Richa foi aos piores índices de popularidade – agora com alguma melhora.

“Se eu não tivesse enfrentado a manifestação, e aprovado a lei, não teria feito o ajuste fiscal”, disse. O Paraná, segundo os números oficiais, está entre os Estados com melhor situação fiscal do País. A redução da despesa corrente caiu R$ 2,2 bilhões. A arrecadação cresceu R$ 900 milhões. Os investimentos subiram de R$ 2,8 bilhões em 2015 para R$ 7,8 bilhões em 2017 e estão previstos R$ 8,4 bilhões para este ano. O salário do funcionalismo está em dia. “Ninguém tem a receita do sucesso, mas as medidas de austeridade servem para todo mundo”, disse o governador. “Ou a pessoa pensa na política ou pensa em fazer o que é necessário ser feito.”

Fonte: Estadão

Anúncios

Categorias:BRASIL

Marcado como:, , , ,

OBRIGADO POR CURTIR E PARTICIPAR DO NOSSO BLOG.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s