Sem categoria

“O STF NÃO ACEITA PAGAR O PATO”

O Estadão parte da premissa de que a Alerj “usou o STF para soltar deputados” e questiona Cármen Lúcia se a decisão das medidas cautelares abriu uma Caixa de Pandora.

“Não. Nós discutimos o que não era prisão e lá havia prisão. Uma coisa não tem nada a ver com a outra.”

Na verdade, lá havia prisão e, também, medida cautelar de afastamento de Jorge Picciani, Paulo Melo e Edson Albertassi de seus mandatos. Carminha está por fora.

E não é 100% exato dizer que a Alerj usou o STF para soltar deputados: usou, para decidir contra a prisão, os artigos 53 da Constituição Federal e 102 da Estadual, excedendo-se apenas na emissão direta de alvará de soltura. Foi para derrubar o afastamento dos mandatos que a Alerj usou a decisão do STF decorrente do caso Aécio, contra a vontade do TRF-2.

“Misturaram as coisas?”, pergunta o jornal.

“Ou por inadvertência ou por alguma razão que eu não sei explicar, confundiram para confundir mesmo. Confundiram com vontade”, respondeu Cármem Lúcia.

Neste ponto, Carminha pode até ter razão, embora não saiba mesmo explicar.

“O STF pagou o pato?”, questiona o Estadão.

“Não aceita pagar o pato, não. Exige que se respeite a decisão dele nos termos que foi dada. Nós discutimos que medidas cautelares diversas da prisão são aplicáveis a todos, indistintamente. Nada a ver com a prisão, portanto.”

Em seguida, Cármen Lúcia responde que “sim”: o julgamento do STF valeu apenas para parlamentares federais. “Está na ementa.”

Na verdade, o acórdão da decisão do STF não havia sido publicado antes da decisão da Alerj, nem de outras Assembleias estaduais, como a de Mato Grosso, o que causou a confusão pelo país inteiro.

Tampouco o debate final na sessão do STF considerou, muito menos esclareceu, os efeitos práticos e a extensão ou não da decisão para os estados.

Mas o corporativismo impede um reconhecimento completo da irresponsabilidade dos ministros.

Anúncios

OBRIGADO POR CURTIR E PARTICIPAR DO NOSSO BLOG.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s