Sem categoria

EM DEFESA DA CRACOLÂNDIA

A diretora do Human Rights Watch, Jasmine Tyler, vem ao Brasil para visitar a Cracolândia.

Ela é uma espécie de Luislinda Valois dos Estados Unidos.

Entrevistada por O Globo, ela comparou a guerra contra as drogas à escravidão.

Leia aqui:

“Eu concordo totalmente com a análise de que a libertação dos escravos não foi terminada por causa da guerra às drogas, se tornando um sistema de opressão e submissão dos negros. As pessoas condenadas são quase unicamente negras. No início do século 19, havia um sistema de “aluguel de condenados”, em que os encarcerados trabalhavam nas fábricas e fazendas dos Estados Unidos, mas os únicos condenados eram os negros. Na década de 60, batalhas foram lutadas para integrar os negros à sociedade americana, e, desde então, sabemos que a guerra às drogas trabalha de uma maneira em que o afro-americano é tratado como alvo a continuar sendo oprimido, perdendo o direito ao voto, à moradia popular e outros benefícios.”

Ela disse também que o Brasil deve eleger um presidente que garanta os criminosos:

“Uma das coisas que eu vi no Brasil é que as pessoas negras são maioria entre as mortas pela polícia, uma estatística assustadora. Uma das coisas que precisa acontecer nas próximas eleições no Brasil é que a polícia não tenha carta branca para aterrorizar as comunidades.”

Anúncios

Categorias:Sem categoria

Marcado como:, ,

OBRIGADO POR CURTIR E PARTICIPAR DO NOSSO BLOG.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s