Sem categoria

SEIS RECEITAS DE ALIMENTAÇÃO VIVA

A alimentação viva é uma vertente do vegetarianismo. Ela defende que, para manter a maior quantidade de nutrientes, os alimentos devem ser ingeridos crus. Sem o cozimento, outros procedimentos são utilizados para amolecer os grãos e legumes, como a marinação, germinação e desidratação, que só pode ser feita até 42 graus célsius. Confira as receitas e o modo de preparar pratos comuns aos adeptos desse tipo de dieta. Aprenda a fazer o molho de gengibre, o molho de iogurte vegetal, o creme de ervilha com inhame, a trufa como sobremesa e o suco de clorofila. As receitas foram enviadas pelo Urban Remedy e do Terrapia, centro de educação em alimentação viva do Rio de Janeiro. Bom apetite!

1. Saladas

Os alimentos vivos mais fáceis de preparar são as saladas. Adeptos da comida viva sugerem que elas contenham ingredientes variados frescos, molhos saborosos e gorduras benéficas. Quanto mais colorida a salada for, melhor. 

Ingredientes:

Raízes: beterraba, cenoura, rabanete, nabo ralado em tirinhas.
Frutas: abobrinha, pepino, pimentão, maçã, pera.
Frutas secas: damasco, tâmara, uva-passa.
Folhas verdes: alface, agrião, rúcula, couve, almeirão, chicória.
Crucíferas: brócolis, couve-flor bem picadinha.
Ervas: salsinha, coentro, manjericão, tomilho, orégano, alecrim.
Sementes e castanhas: chia, linhaça, girassol, abóbora, amêndoas, caju, castanha-do-pará, nozes.

Modo de preparo:
Escolha um ingrediente de cada grupo (como raízes, frutas, ervas etc.) e corte em fatias finas ou pequenos cubos. Misture-os em uma tigela própria para salada. Escolha um molho para acompanhar. Abaixo, duas opções de receitas.

2. Molho de gengibre

Ingredientes:

1/2 xícara de missô
1/3 de xícara de agave
1/3 de xícara de vinagre de maçã
1/4 de xícara de óleo de gergelim
1/4 de xícara de suco de limão
1 xícara de gengibre picado
2 colheres de sopa de pasta de amêndoa (opcional)

Modo de preparo:
Bata todos os ingredientes no liquidificador até ficar cremoso. Guarde na geladeira por até uma semana em um recipiente com tampa.

3. Molho de iogurte vegetal

Ingredientes:

1 e 3/4 de xícara de castanha-de-caju
1/2 xícara de polpa de coco verde
1/4 de xícara de água
6 colheres de sopa de suco de limão
Raspa da casca de 2 limões
2 colheres de sopa de tomilho fresco

Modo de preparo:
Deixe previamente a castanha-de-caju de molho em água por quatro horas. Misture e bata todos os ingredientes no liquidificador até ficar cremoso. Guarde na geladeira por até uma semana em pote fechado.

4. Creme de ervilha com inhame (prato morno)

Ingredientes:

1 copo de ervilha germinada descascada 
1 copo de inhame em pedaços pequenos
Sal a gosto
1/4 de cebola
1 tomate grande
1/4 de pimentão amarelo
Salsa e cebolinha
Azeite e limão 

Modo de preparo:

Bata no liquidificador ou processador a ervilha, o inhame e o sal e reserve. Para fazer o molho, pique a cebola, o tomate, o pimentão amarelo, a salsa e a cebolinha e acrescente o azeite, o limão e o sal a gosto.

Amorne o creme de ervilhas em fogo baixo. Para manter a temperatura adequada ao procedimento, meça o calor com as mãos dentro da panela. A fervura deve permanecer a uma temperatura suportável à pele. Na hora de servir, espalhe o molho sobre o creme.

5. Sobremesa viva – Trufas

Ingredientes:

1 xícara de cacau em pó
2 xícaras de castanha-de-caju
1/2 xícara de óleo de coco sem sabor
2 colheres de chá de extrato de baunilha
1/2 colher de chá de sal marinho
1/2 (ou mais, a gosto) xícara de agave

Modo de preparo:
Deixe as castanhas de molho em água filtrada por seis horas ou da noite para o dia. Depois disso, coe as castanhas e descarte a água. Misture todos os ingredientes e bata no liquidificador ou processador de alimentos até ficar cremoso. Guarde a massa no congelador por duas horas.

Retire do congelador e enrole a massa em bolinhas e passe-as na castanha-de-caju moída ou cacau em pó. Se preferir, coma de colher. Armazene na geladeira ou congelador por até 30 dias.

6. Suco de clorofila

Ingredientes:

2 maçãs
1 xícara de semente germinada
1 copo de liquidificador de folhas verdes
Plantas aromáticas a gosto

Modo de preparo:
Bata as maçãs no liquidificador. Depois disso, extraia o sumo passando num coador de pano. Não acrescente água, basta prensar a maçã com um pepino ou uma cenoura, que são biossocadores, para obter o suco.

Devolva o líquido de maçã extraído ao liquidificador e acrescente as folhas verdes aos poucos. Durante esse processo, adicione as plantas aromáticas escolhidas. Aqui vão algumas sugestões: grama de trigo, folha de abóbora, folha de batata-doce, couve, chicória, acelga, alface, agrião, hortelã, capim-limão, entre outras.

Acrescente a semente germinada. Coe o suco para retirar as fibras, pois, desse modo, a clorofila pode ser mais bem absorvida pelo organismo.

Observações:  
Não substitua a maçã por outra fruta, pois ela interfere na absorção da clorofila. Se preferir,  acrescente legumes.

Anúncios

OBRIGADO POR CURTIR E PARTICIPAR DO NOSSO BLOG.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s