MUNDO

REPORTAGEM EXPÕE ‘CHEFE DO SUPREMO DE MADURO’

Reportagem especial da agência Reuters levada ao ar ontem, conta a história de Maikel Moreno, o chefe da Suprema Corte do ditador venezuelano, Nicolás Maduro.

O ex-guarda-costas, hoje com 51 anos, é acusado de ter participado de uma quadrilha que praticava extorsão e tráfico de influência e chegou a ser preso por suspeita de assassinar um adolescente, em 1989.

A Reuters disse não ter encontrado nenhuma prova de que Moreno tenha sido julgado pelos crimes de que o acusam. Ele alega que os casos foram inventados por “sensacionalistas”.

Hoje, o juiz emprega o melhor de seus talentos nos serviços à ditadura.

Sua Suprema Corte, que rejeitou todas as leis aprovadas pela Assembleia Nacional venezuelana desde que a oposição se tornou maioria, acabou por anular os poderes do Parlamento e atribuí-los a si mesma.

Anúncios

Categorias:MUNDO

Marcado como:, ,

OBRIGADO POR CURTIR E PARTICIPAR DO NOSSO BLOG.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s