JUSTIÇA

TORQUATO FOI VOTO VENCIDO

O ministro da Justiça, Torquato Jardim, preferia Rogério Galloro —nomeado para o Comitê Executivo da Interpol— para a vaga de Leandro Daiello na PF, que agora será ocupada por Fernando Segóvia, relata o G1.

Galloro também era o favorito do chefe do Gabinete de Segurança Institucional de Michel Temer, o general Sérgio Etchegoyen.

O lobby de José Sarney venceu mais essa.

A Coluna do Estadão cita a participação de Eliseu Padilha, investigado na Lava Jato, no processo de escolha do novo diretor-geral da PF, Fernando Segóvia.

O ministro da Casa Civil também influiu na escolha de Michel Temer. Segóvia foi apresentado a Padilha por outro gaúcho –o ministro Augusto Nardes, do TCU.

Anúncios

Categorias:JUSTIÇA

Marcado como:, ,

OBRIGADO POR CURTIR E PARTICIPAR DO NOSSO BLOG.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s