LAVA JATO

“FUNARO MENTIU E JOESLEY É CÚMPLICE”

Hoje é dia de Eduardo Cunha — preso há mais de um ano, mas com a mesma postura de sempre — depor na Justiça Federal em Brasília no âmbito do esquemão do FI-FGTS da Caixa Econômica.

Na semana passada, Lúcio Funaro disparou seus venenos.

Agora está tendo de ouvir contrapontos de seu ex-amigão, que fala inicialmente ao juiz Vallisney de Oliveira. Segundo o deputado cassado, registra o Estadão, Funaro mentiu em sua delação premiada sobre encontros com Michel Temer.

“Esses três (encontros) que ele cita (na delação), ele nunca teve. Na minha frente, ele nunca cumprimentou o Michel Temer.”

Eduardo Cunha diz que não recebeu dinheiro da JBS para ficar em silêncio.

“Não existe essa história de dizer que eu estou em silêncio ou que eu vendi o meu silêncio para não delatar. Eu atribuo isso para justificar uma denúncia que pegasse o mandato do Michel Temer. Essa é que é a verdade. Deram uma forjada e o Joesley foi cúmplice dessa forjada.”

Anúncios

OBRIGADO POR CURTIR E PARTICIPAR DO NOSSO BLOG.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s