POLÍTICA

FERNANDO HADDAD DANÇOU

A Folha de S. Paulo revela que sua gestão “distribuiu 49,1 milhões de reais para grupos de dança por meio de concursos nos quais muitos dos jurados pertenciam às mesmas cooperativas artísticas dos principais premiados.

Na prática, as entidades julgavam a si mesmas”.

Dois grupos abocanharam 61% do total de recursos destinados ao Programa de Fomento à Dança: a Cooperativa Paulista de Dança e a Cooperativa Paulista de Teatro.

“Ao longo dos anos”, diz a reportagem, “as duas cooperativas foram praticamente as únicas a serem convidadas pela Secretaria Municipal da Cultura a integrar os comitês julgadores, formados por sete pessoas”.

Pior ainda:

“Não havia convocação pública no Diário Oficial do município nem no site da prefeitura. Os convites às entidades eram feitos por e-mail.

Das 24 pessoas selecionadas entre os artistas para integrar as comissões, 19 eram das duas cooperativas. Outras três foram indicadas pelo movimento ‘A Dança se Move’, que foi criado sob influência da cooperativa de dança e nem tem registro formal.”

Anúncios

Categorias:POLÍTICA

Marcado como:, ,

OBRIGADO POR CURTIR E PARTICIPAR DO NOSSO BLOG.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s