JUSTIÇA

“É PRECISO REDUZIR DIREITOS, PARA SE MANTER O EMPREGO”

ministro Ives Gandra da Silva Martins Filho, presidente do TST (Tribunal Superior do Trabalho), afirmou que é preciso reduzir direitos para manter empregos.

“Nunca vou conseguir combater desemprego só aumentando direito”, afirmou.

Em entrevista a coluna Painel, da ‘Folha de S. Paulo’, Ives declarou que será mais fácil ser empregador a partir da Reforma Trabalhista.

“Quando você prestigia a negociação coletiva, em que posso contratar rapidamente e demitir sem tanta burocracia, o empregador que pensaria dez vezes em contratar mais um funcionário contrata dois, três. Isso está sendo feito em toda Europa”, explica.

Ao ser perguntado sobre a situação do empregado, o ministro diz que as mudanças também serão benéficas.

“Fica mais fácil. Por exemplo, a regulamentação do trabalho intermitente. A pessoa não teria um emprego se fosse com jornada semanal. O garçom, por exemplo, vai trabalhar em fim de semana, determinadas horas. Eu te pago a jornada conforme a demanda que eu tiver. Quando eu precisar, eu te aviso. Com o trabalho intermitente, você consegue ajeitar a sua vida do jeito que quer. As novas modalidades permitem compaginar outras prioridades com uma fonte de renda laboral”, justifica.

Sobre os direitos sociais, o presidente do TST diz que não conseguiria combater o desemprego aumentando direitos. “Vou ter que admitir que, para garantia de emprego, tenho que reduzir um pouquinho, flexibilizar um pouquinho os direitos sociais”, diz.

Anúncios

Categorias:JUSTIÇA

Marcado como:, ,

OBRIGADO POR CURTIR E PARTICIPAR DO NOSSO BLOG.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s