JUSTIÇA

BARATA CONTINUA EM CASA

Por 3 votos a 1, a Segunda Turma do Supremo manteve decisão de agosto de Gilmar Mendes que tirou da cadeia Jacob Barata Filho, o “rei dos ônibus” no Rio.

A decisão beneficia também o ex-presidente da federação das empresas de ônibus Lélis Teixeira. Ambos haviam sido presos em julho pela Operação Ponto Final.

Votaram para manter Barata e Lélis fora da cadeia Gilmar, Dias Toffoli e Lewandowski. Edson Fachin divergiu, alegando que o caso deveria ser analisado antes no STJ.

De acordo com a decisão da Segunda Turma, os dois devem ficar recolhidos em casa e estão proibidos de deixar o país.

Anúncios

Categorias:JUSTIÇA

Marcado como:,

OBRIGADO POR CURTIR E PARTICIPAR DO NOSSO BLOG.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s