POLÍTICA

ABERTO O ‘BALCÃO DE NEGÓCIOS’

A história se repete. Desta vez, com um detalhe que embute mais risco: o governo está com o caixa praticamente zerado para liberar novas emendas individuais, o que indica uma posição mais delicada em relação ao quadro que antecedeu a primeira acusação. Pior: algumas emendas que o Planalto prometeu empenhar na peleja anterior não foram quitadas até hoje. O próprio vice-líder do governo na Câmara, Beto Mansur (PRB-SP), ainda não teve seu pleito atendido. “Acredito que, com a entrada de dinheiro em caixa, será liberada”, minimiza ele.

O discurso de Mansur não é uníssono. Um deputado ouvido por ISTOÉ disse que há focos de descontentamento na base aliada diante do não cumprimento de promessas anteriores. Apesar de ser do mesmo partido de Temer, o vice-presidente da Câmara, Fábio Ramalho (PMDB-MG), também demonstra insatisfação com o Palácio do Planalto. A rusga tem origem no leilão da Cemig em que foram vendidas quatro usinas. Segundo ele, havia promessa do governo de não vender usinas da estatal mineira. Promessa que não foi cumprida. Para voltar a apoiar Temer, Ramalho pede que seja rateado o lance arrecadado com o leilão, que foi de R$ 12 bilhões. “Queremos R$ 2 bilhões para serem usados nas áreas de saúde, educação, segurança e, principalmente, na revitalização dos rios”, cobra o peemedebista.

Claro, é preciso não perder de vista que é encenado no Congresso o teatro de sempre. Diante da saída chamuscada do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, é totalmente improvável que Temer saia da votação derrotado. Ninguém mais, nem mesmo a oposição, conta com o cenário de deposição do presidente. Os deputados sabem, porém, que, no varejão das negociações com o Planalto, quem gritar mais alto, leva. É nisso que a maioria se fia para garantir o seu quinhão – um naco de poder, que seja.

Anúncios

Categorias:POLÍTICA

Marcado como:, ,

OBRIGADO POR CURTIR E PARTICIPAR DO NOSSO BLOG.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s