POLÍTICA

O NOVO GEDDEL VIEIRA LIMA

O marqueteiro de Michel Temer, Elsinho Mouco, disse a Andréia Sadi que pode ter sido grampeado por Joesley Batista uma semana antes que ele grampeasse o presidente.

O encontro entre os dois ocorreu no Palácio do Jaburu.

Elsinho Mouco relatou a Andréia Sadi que Joesley Batista “estava à procura de um interlocutor com o governo após a saída de Geddel Vieira Lima da Secretaria-Geral da Presidência. ‘E sugeriu que eu teria vantagens se fizesse isso’, afirmou o marqueteiro à reportagem, sem detalhar quais vantagens seriam essas.

O marqueteiro disse ter se recusado a ‘cumprir esse papel’”.

Elsinho Mouco está dizendo que Geddel Vieira Lima era o interlocutor de Michel Temer para discutir vantagens com empresários.

Um bom marqueteiro.

O relato de Elsinho Mouco a Andréia Sadi equivale a uma confissão.

Ele disse que deve ter sido grampeado por Joesley Batista e que o carniceiro ofereceu-lhe vantagens para assumir o papel de Geddel Vieira Lima como interlocutor de Michel Temer.

A PF suspeita que Joesley Batista tenha usado esses grampos para achacar seus interlocutores e garantir a própria blindagem.

Com medo de que essas fitas venham à tona, todas as pessoas que tiveram conversas escusas com Joesley Batista – e que haviam sido blindadas junto com ele – estão se apresentando.

Anúncios

Categorias:POLÍTICA

Marcado como:, ,

OBRIGADO POR CURTIR E PARTICIPAR DO NOSSO BLOG.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s