POLÍTICA

“ELES NÃO PODEM SER LEVADOS A SÉRIO”

Efraim Filho, líder do DEM na Câmara, sobre Joesley e Wesley Batista:

“Agora temos certeza do que já suspeitávamos: os irmãos Batista contaram verdades pela metade. Se a Procuradoria não conseguir resgatar a credibilidade das investigações, não dá para levar a sério segunda, terceira ou quarta denúncia (contra Michel Temer).”

Para o deputado, Rodrigo Janot não deveria sequer enviar à Câmara uma nova denúncia sem antes mostrar coerência.

Ele explica:

“Quando agentes políticos cometem crimes, a PGR age e pede a prisão dos envolvidos. Terá agora de fazer o mesmo no caso de representantes do Ministério Público, do Judiciário e de empresários.”

E se a nova denúncia ignorar fatos revelados pela JBS e se concentrar na delação de Lúcio Funaro?

“Também recairá sobre a PGR a suspeita de que ali há verdades pela metade. Tudo vai depender de como Rodrigo Janot vai agir diante do que revelou ontem.”

Anúncios

OBRIGADO POR CURTIR E PARTICIPAR DO NOSSO BLOG.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s