POLÍTICA

DILMA ROUSSEFF APOIA MADURO

Dilma Rousseff, ontem à noite, em evento na ABI, fez um discurso de uma hora e vinte minutos.

Ela disse que o afastamento de Lula da disputa de 2018 é a “segunda fase do golpe”.

De acordo com a Folha de S. Paulo, o auditório estava lotado, “mas algumas pessoas deixaram o local no meio do longo discurso da ex-presidente”.

Dilma Rousseff, durante seu discurso de uma hora e vinte minutos, defendeu a ditadura de Nicolás Maduro.

Ela disse, segundo o Estadão:

“Tem de ser extremamente ignorante para acreditar que uma oposição da Venezuela vai entrar nisso de boazinha. Se tiver apoio dos Estados Unidos, será uma carnificina. Ficar dizendo como o Maduro é um ditador sanguinário é nos chamar de imbecis.”

Nos oito primeiros meses de 2017, o regime de Nicolás Maduro fechou 49 rádios e tirou do ar cinco canais de TV estrangeiros, diz a Folha de S. Paulo.

Enquanto isso, a Associação Brasileira de Imprensa abre suas portas para que Dilma Rousseff defenda a ditadura chavista. Com dinheiro vivo.

A homenagem a Dilma Rousseff, ontem à noite, foi realizada no auditório da Associação Brasileira de Imprensa.

O aluguel da sala, segundo a Coluna do Estadão, “foi pago em dinheiro vivo pelo deputado Wadih Damous, que desembolsou 4 mil reais”.

Ele disse:

“Não lembro como paguei e o fiz porque é um ato do meu mandato.”

Anúncios

OBRIGADO POR CURTIR E PARTICIPAR DO NOSSO BLOG.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s