POLÍTICA

JUCÁ É CONTRA REFUGIADOS

O senador Romero Jucá (PMDB-RR) afirmou nesta quinta (24) que o Brasil deveria cessar a concessão de refúgio a venezuelanos que vêm ao país. Segundo ele, a atual situação da Venezuela não justifica a migração em massa pra o Brasil, que não tem dinheiro para receber essa quantidade de pessoas.

Refúgio a gente dá para gente do Haiti, onde teve terremoto, calamidade e a peste campeou; ou por causa da guerra como a da Líbia, as pessoas estão se matando lá, estourando bomba na cabeça dos meninos; isso é um problema para refúgio. Na Venezuela é uma questão de ditadura, de briga política, então eu defendo que os pedidos sejam estancados”, afirmou o senador.

Jucá afirmou durante uma audiência pública em Boa Vista, capital de Roraima, que continuará defendendo o fechamento para os pedidos de refúgio. A cidade já conta com a presença de milhares de venezuelanos. O principal articulador do governo Temer disse que se 1% da população da Venezuela emigrar para o Brasil, serão 270 mil pessoas que podem acabar em Boa Vista, cidade com 350 mil habitantes. “Precisamos de medidas sérias para nos preparar para esse cenário”, anunciou.

Para o senador, o ditador Nicolás Maduro está enviando 5 milhões de pessoas para o Brasil para se livrar do problema e ter quem pague a conta. “Ele manda para fora todos os adversários e fica só a patota dele lá; mas o Brasil tem orçamento para pagar isso?”, questionou. O senador se reuniu com representantes de 8 ministérios e com o ministro da casa Civil, Eliseu Padilha, para orquestrar plano de ação que lide com a esperada onda de migração venezuelana.

A coordenadora de política externa da ONG Conectas Direitos Humanos, Camila Asano, classificou as declarações como preocupantes por demonstrarem desconhecimento sobre o direito consagrado da solicitação de refúgio. “Não cabe a um Estado democrático determinar de antemão que uma nacionalidade está vetada de solicitar refúgio, essa é uma proteção internacional garantida pelas convenções das quais o Brasil faz parte”, concluiu.

O Fundo Monetário Internacional (FMI) disse que o Produto Interno Bruto (PIB) venezuelano deve encolher 7,4% em 2017, entrando para os quatro anos seguidos de queda. A inflação deve passar de 720%.

Anúncios

Categorias:POLÍTICA

Marcado como:, ,

OBRIGADO POR CURTIR E PARTICIPAR DO NOSSO BLOG.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s