POLÍTICA

2018 E O FATOR LULA

Se a condenação de Lula não for confirmada em segunda instância até maio de 2018, as chances de a Justiça barrar sua candidatura depois são mínimas.

É o que avaliam dirigentes do PSDB e do DEM, segundo o Painel da Folha.

Eles admitem que as decisões mais estratégicas dos partidos dependem do fator Lula.

“Com ele no páreo, haverá forte pressão pelo rompimento da aliança com Michel Temer, especialmente entre parlamentares do Nordeste.

Segundo o último Datafolha, na região, reduto eleitoral mais poderoso de Lula, a reprovação a Temer alcança 77%.”

Sem Lula, não?

No entanto, o AN&F sempre repete que o PT só tem medo de João Doria.

Os próprios petistas admitem isso.

Leia a nota da Folha de S. Paulo:

Os petistas não acreditam que o deputado Jair Bolsonaro consiga ultrapassar 15% dos votos. Sem citações na Lava Jato e com forte apelo conservador, João Doria seria o rival mais perigoso”.

O PT ainda está traumatizado com a sova que João Doria deu em Fernando Haddad.

Anúncios

Categorias:POLÍTICA

Marcado como:,

OBRIGADO POR CURTIR E PARTICIPAR DO NOSSO BLOG.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s