ECONOMIA

TEMER SUSPENDERÁ REAJUSTES DE SERVIDORES

O governo vai congelar mesmo o reajuste dos servidores federais, informa Lauro Jardim. Previstos para janeiro de 2018, os aumentos só serão concedidos no início de 2019. E olhe lá.

No fim do mês passado, servidores públicos federais divulgaram uma nota dizendo que não aceitariam adiamento de reajustes acordados para 2018.

Além da suspensão do reajuste dos servidores, O AN&F apurou que o governo vai cortar o auxílio-reclusão, que consome R$ 600 milhões por ano. A equipe econômica queria cortar também o auxílio-funeral, mas Michel Temer vetou.

Michel Temer agora enfrenta o constrangimento de recuar em relação aos servidores. Se fosse mais responsável, nem deveria ter concedido reajuste num ambiente de recessão e total desequilíbrio das contas públicas.

O governo espera economizar R$ 9 bilhões com a suspensão do reajuste dos servidores públicos… em 2018.

O governo Temer agora diz que espera que o déficit fiscal não ultrapasse os R$ 159 bilhões este ano. Como O AN&F avisou, a equipe econômica tem estudos que mostram que o déficit pode chegar a R$ 200 bilhões.

O governo Temer também vai limitar em R$ 5 mil o salário inicial de quem entrar no serviço público por concurso. Hoje, há carreiras em que o concursado entra com salário alto e, em dez anos, atinge o teto do funcionalismo.

A ideia é que o servidor demore mais tempo para chegar lá. Carreiras típicas de Estado, como diplomatas, militares, policiais federais etc não serão atingidos pela nova regra.

Anúncios

OBRIGADO POR CURTIR E PARTICIPAR DO NOSSO BLOG.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s