MUNDO

DITADURA DE MADURO MATA DOIS MILITARES REBELADOS

Dois homens morreram na Venezuela durante a revolta militar da manhã deste domingo (6) na base de blindados em Paramacay, na cidade de Valencia. Os insurgentes se auto-intitularam da “41ª brigada”. O porta-voz do grupo declarou em video que se trata de uma rebelião contra “a tirania assassina de Nicolás Maduro”, e não um golpe de estado.

Horas depois, Diosdado Cabello, braço-direito do ditador Nicolas Maduro, anunciou que a “situação irregular” estava resolvida e que vários “terroristas” haviam sido detidos.

A população tomou conhecimento da revolta ainda pela manhã, quando começou a circular nas redes sociais o vídeo mostrando um grupo de homens de uniforme militar empunhando armas de assalto que dizia estar a lançar uma revolta contra o ditador Maduro. Testemunhas dizem ter ouvido tiros durante a noite.

No vídeo, os militares da revolta esclareceram seu objetivo. “Isto não é um golpe de Estado, mas uma ação militar e civil para restabelecer a ordem constitucional”, diz um deles, que se apresenta como Juan Caguaripano e “Comandante da Operação David Carabobo”. 

Anúncios

Categorias:MUNDO

Marcado como:, ,

OBRIGADO POR CURTIR E PARTICIPAR DO NOSSO BLOG.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s