MUNDO

TEMER CONDENA DESTITUIÇÃO DE PROCURADORA DA VENEZUELA

O governo brasileiro condenou neste domingo a destituição da procuradora-geral da Venezuela, Luisa Ortega Díaz (foto), e classificou a medida de “arbitrária e ilegal”.

A medida compromete a independência do Ministério Público e a preservação das garantias e liberdades fundamentais, confirmando a instauração de um Estado de exceção na Venezuela”, informa nota divulgada pelo Itamaraty.

Ontem, o Tribunal Superior de Justiça (TSJ) da Venezuela destituiu a procuradora, que vinha entrando em choque com o governo de Nicolás Maduro em razão da Assembleia Constituinte. O tribunal também retirou os direitos políticos de Luisa Ortega, que não pode concorrer a cargos públicos. Os magistrados, ligados ao chavismo, proibiram a procuradora de deixar a Venezuela e congelaram seus bens.

No mesmo dia, o Mercosul decidiu suspender a Venezuela do bloco por rompimento da ordem democrática, após a escalada da crise no país e a instalação da Constituinte, convocada por Maduro. A decisão foi anunciada depois de reunião dos chanceleres dos países de Brasil, Argentina, Paraguai e Uruguai, realizada em São Paulo.

Anúncios

Categorias:MUNDO

Marcado como:, , , ,

OBRIGADO POR CURTIR E PARTICIPAR DO NOSSO BLOG.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s