LAVA JATO

UM SUJEITO SEM LIMITES

Depois de operar no Banco do Brasil e na Petrobras — quando a empresa já estava quebrada e posta a nu pela Lava Jato, frise-se –, Aldemir Bendine tentou ser presidente da Vale no início deste ano.

Aldemir Bendine ganhou, digamos, projeção nacional em 2015, quando se descobriu que, na presidência do Banco do Brasil, facilitou ainda mais a vida da sua amiga Val “Hello!” Marchiori, com um empréstimo do banco para comprar carretas que se transformou num Porsche.

De acordo com os procuradores da Lava Jato, os 3 milhões de reais de propina da Odebrecht a Aldemir Bendine, então presidente da Petrobras, foi feito em três parcelas:

“O valor foi repassado em três entregas em espécie, no valor de R$ 1 milhão cada, em São Paulo. Esses pagamentos foram realizados no ano de 2015, nas datas de 17 de junho, 24 de junho e 1º de julho, pelo Setor de Operações Estruturadas da Odebrecht.”

Além de Aldemir Bendine, detido em Sorocaba, no interior de São Paulo, foram presos o publicitário (e marqueteiro) André Gustavo Vieira da Silva e Antônio Carlos Vieira da Silva Jr., suspeitos de serem operadores do executivo.

O procurador Athayde Ribeiro Costa disse o seguinte sobre a prisão de Aldemir Bendine e os seus comparsas:

“É incrível topar com evidências de que, após a Lava Jato já estar em estágio avançado, os criminosos tiveram a audácia de prosseguir despojando a Petrobras e a sociedade brasileira.“

E ainda:

“Os crimes recentes são a prova viva de que a prisão é necessária para frear o ímpeto criminoso de um esquema que vem desviando bilhões há mais de década.”

Anúncios

OBRIGADO POR CURTIR E PARTICIPAR DO NOSSO BLOG.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s