JUSTIÇA

MPF PEDE REVISÃO DA DELAÇÃO DE MILTON SCHAHIN

O MPF pediu a Sérgio Moro que reveja o acordo de delação premiada de Milton Schahin (foto), após omissão do delator na apresentação de contratos usados para repasses de propina aos lobistas Jorge e Bruno Luz.

Após compartilhamento de provas com o STF, os procuradores localizaram minutas referentes a contratos entre a Schahin Engenharia e as empresas Gea Projetos, Casablanca International Holdings e a Pentagram Engineering, offshore dos Luz.

Há também contrato entre a Pentagram e a Cap Dupell, também da Schahin.

Segundo o MPF, “a existência de instrumentos contratuais foi negada por Milton Schahin em colaboração premiada, o qual também afirmou não possuir documentos e demais extratos envolvendo os pagamentos para Jorge e Bruno Luz”.

“Desse modo, junta-se comunicações entre a defesa de Milton Schahin e esta força-tarefa, a fim de que a colaboração do acusado seja devidamente avaliada na sentença, mormente em relação à omissão na apresentação de documentação e de informações importantes para o deslinde da causa.”

Na semana passada, Jorge e Bruno Luz revelaram o pagamento de R$ 11,5 milhões em propina a Renan Calheiros, Jader Barbalho, Silas Rondeau e Aníbal Gomes.

Anúncios

OBRIGADO POR CURTIR E PARTICIPAR DO NOSSO BLOG.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s