JUSTIÇA

EMPRESÁRIO PRESO CRITICA STF

Eduardo Meira (barba e jaqueta), da Credencial Construtora, escreveu carta em que critica a demora do STF para julgar seu pedido de habeas corpus.

Preso há mais de um ano em Curitiba, o empresário cobrou ‘isonomia’ no tratamento dado pelo ministro Edson Fachin em relação a outros casos, referindo-se ao julgamento dos pedidos de Aécio Neves e de Rodrigo Rocha Loures.

“Assistimos, com celeridade, o caso do senador ser finalizado, família solta, retorno ao Senado, todos flagrados em ‘atividades criminosas’. Eles não oferecem risco à imaculada ‘ordem pública’, mas nós, sim!”

E ainda:

“Não entramos no mérito se as decisões são corretas ou não. O que pedimos é ter o direito à mesma Constituição que tiveram e o direito à prestação do ‘serviço jurisdicional’ em tempo e forma aplicados.”

Anúncios

OBRIGADO POR CURTIR E PARTICIPAR DO NOSSO BLOG.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s