LAVA JATO

LULA TRATA MORO COMO ‘ALGOZ’

Lula vem tentando fazer de Sérgio Moro seu algoz pessoal, mas os desembargadores do TRF-4 que vão analisar o recurso da sua sentença têm um histórico de rigidez com condenados em primeira instância na Lava Jato.

Segundo dados de O Globo, os desembargadores já confirmaram 12 sentenças de Moro envolvendo 48 réus — 16 sentenças ainda serão analisadas.

O tempo de prisão aumentou para 19 condenados, foi mantido para 14 e reduzido para dez; cinco pessoas foram absolvidas.

Não se espera outra coisa do Lula condenado, que o ataque à Justiça.

Por isso, o Estadão, em editorial, exorta o TRF-4, que analisará o recurso de Lula à condenação de Sérgio Moro, a zelar pelo cumprimento da lei:

“Diante do reiterado mau comportamento que Lula teve ao longo de todo o processo na primeira instância, com tentativas canhestras de politizar a questão penal e intimidar as autoridades, não se deve esperar arrependimentos repentinos. Reforça-se, portanto, a necessidade de que a Justiça, no caso específico o Tribunal Regional Federal (TRF) da 4.ª Região, quando convocado para rever o processo, mantenha o condenado sob o peso da lei.”

O cenário eleitoral ainda é incerto, mas José Roberto de Toledo, no Estadão, aponta as consequências imediatas da sentença de Sérgio Moro:

1) reforça a rejeição a Lula

2) energiza a militância petista com o discurso de vitimização

3) destampa o debate sobre uma candidatura alternativa, à esquerda

Anúncios

OBRIGADO POR CURTIR E PARTICIPAR DO NOSSO BLOG.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s