POLÍTICA

SESSÃO DA REFORMA TRABALHISTA É REABERTA NO SENADO

Eunício Oliveira reabre o painel.

Henrique Fontana, deputado petista, gritou com Eunício.

O presidente do Senado disse que ele nem deveria estar no plenário.

Eunício Oliveira retomou a sessão sobre a reforma trabalhista.

O bate boca generalizado continua.

Gleisi Hoffmann não larga o celular. Mostra tudo ao vivo em suas redes sociais.

Numa total inversão, as sindicalistas da CUT que ocupam a galeria mandam senadores calar a boca.

Por outro lado, Cássio Cunha Lima e Lindbergh Farias discutem no plenário e quase saem no braço.

Sindicalista grita da galeria:

“Bando de bandidos!”

E para Marta Suplicy:

“Marta, vou pegar você lá em São Paulo.”

Renan Calheiros foi para a oposição quando a reforma trabalhista começou a tramitar no Senado. Foi ele quem orquestou a derrota do governo na CAS.

Hoje, dia da votação final da matéria, o ex-líder do PMDB não pisou no plenário.

Gleisi Hoffmann se levantou e tenta interromper Eunício Oliveira.

A bancada das trevas não tem nenhum limite.

Anúncios

OBRIGADO POR CURTIR E PARTICIPAR DO NOSSO BLOG.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s