ÚLTIMAS NOTÍCIAS

PF: “NÃO TEVE INTERFERÊNCIA DE BRASÍLIA”

A PF pode ter todas as justificativas racionais para extinguir o grupo de trabalho exclusivo da Lava Jato em Curitiba, mas o momento escolhido não poderia ser pior.

Diante de um governo proativamente anti-Lava Jato, é inevitável que muitos cidadãos interpretem a decisão administrativa da PF como uma forma de diminuir o ímpeto da operação que ameaça poderosos de todos os grandes partidos.

O delegado Igor Romário, coordenador da Lava Jato em Curitiba, disse à imprensa há pouco que a decisão de acabar com a força-tarefa da PF foi tomada por questões operacionais, sem interferência de Brasília.

“Foi uma decisão de caráter exclusivamente operacional, não teve interferência de Brasília. Foi uma definição administrativa.”

Diante da repercussão negativa, Romário pediu autorização aos superiores para se pronunciar publicamente. “A nossa demanda hoje de procedimentos em andamento é bem menor do que no ano passado”, explicou.

Desde que a notícia veio a público hoje, primeiro em postagem do procurador Carlos Fernando e depois em reportagem da Época, a PF já soltou duas notas à imprensa para tentar esclarecer a medida.

Sobre Silvan Magalhães (1935 artigos)
Francisco Silvan Magalhães Moreira, 52 anos, natural de Pedra Branca - Ceará, formado em Administração de Empresas e Pós-Graduado em Perícia e Auditoria Ambiental.

OBRIGADO POR CURTIR E PARTICIPAR DO NOSSO BLOG.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: