ÚLTIMAS NOTÍCIAS

JANOT FALA DE SUA SAÍDA E SEGURANÇA PESSOAL

De Rodrigo Janot, sobre a escolha da segunda colocada na lista tríplice da categoria, Raquel Dodge, por Michel Temer, para substituí-lo em setembro:

“Participei de dois processos e integrei a lista em primeiro lugar. Nas minhas campanhas, eu disse que o primeiro nome da lista não é obrigatório. O importante é consolidar a lista. Isso ele (Temer) fez. É um avanço constitucional enorme. A lista é triplice. A escolha para mim foi legítima”.

“Dizem que persigo ela. Que sou inimigo. Não tenho nada contra a doutora Raquel. Temos diferença de entendimento. Tenho que ter flexibilidade para fazer acordo de delação. Caso contrário, não tem acordo”.

Já sobre a prisão de Rodrigo Rocha Loures, Janot falou, que havia provas suficientes para prender o ex-deputado, flagrado deixando uma pizzaria em São Paulo com uma mala com R$ 500 mil em dinheiro.

“A mala diz tudo. Houve a decretação da prisão cautelar de uma autoridade que estava no curso de cometimento de crime.”

Quanto a liberdade de Rocha Loures, decretada pelo ministro Edson Fachin, o PGR disse que, “A leitura que eu faço de ontem é que o ministro entendeu que a cautelar deferida já tinha surtido seus efeitos no sentido de impedir a continuidade delitiva e, portanto, houve a revogação. Faz parte do processo, tanto o deferimento quanto a revogação. Cada um de nós tem seu entendimento jurídico sobre as questões. O que eu posso dizer é que o MP tem a mão mais pesada que os outros atores de Justiça.”

Janot disse, segundo o G1, que vê a soltura de Loures “com tranquilidade, sem nenhum problema”.

Rodrigo Janot, no evento de hoje falou também sobre a sua segurança pessoal:

“Para morrer basta estar vivo. Mas, se acontecer alguma coisa comigo, a confusão é muito maior. Eu brinco que eles têm que estar rezando para eu não escorregar no banheiro e bater a cabeça. Temer eu não temo pela minha segurança, mas trato a coisa profissionalmente e passei a andar com seguranças. Não vamos ser ingênuos — disse o procurador.

Sobre Silvan Magalhães (1935 artigos)
Francisco Silvan Magalhães Moreira, 52 anos, natural de Pedra Branca - Ceará, formado em Administração de Empresas e Pós-Graduado em Perícia e Auditoria Ambiental.

OBRIGADO POR CURTIR E PARTICIPAR DO NOSSO BLOG.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: