POLÍTICA

URGÊNCIA DA REFORMA TRABALHISTA É ADIADA

Eunício Oliveira leu em plenário o requerimento para aprovação da urgência da votação da reforma trabalhista.

Mas Romero Jucá, líder do governo no Senado, pediu para que a sugestão não fosse apreciada hoje. Com o quórum baixo, eram grandes chances de a oposição derrotar o requerimento.

Anúncios

OBRIGADO POR CURTIR E PARTICIPAR DO NOSSO BLOG.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s