LAVA JATO

SENTENÇA DE LULA À ESPERA DE PALOCCI

Lula vai pegar até 22 anos de cadeia no caso do triplex – 10 anos por lavagem de dinheiro e 12 por corrupção passiva.

Pelo menos foi o que apurou a revista IstoÉ junto a integrantes da Lava Jato.

“No cronograma de Sérgio Moro só uma etapa o separa do anúncio da condenação de Lula: a definição da pena a ser aplicada ao ex-ministro Antonio Palocci, hoje preso.”

Se Lula for condenado por Sérgio Moro no caso do triplex até a primeira semana de julho, o recurso de segunda instância estará julgado por volta da primeira semana de julho de 2018.

Pelo menos é o que se depreende do discurso de posse de Carlos Eduardo Thompson Flores Lenz na presidência do TRF da 4ª Região.

“Em relação aos processos da Lava Jato, o nosso tribunal tem tido celeridade razoável, sem atropelos da lei e sem delongas excessivas. Eu acredito que as apelações dos personagens mais conhecidos, entre agosto deste ano e agosto do ano que vem, já estariam sendo julgadas e pautadas.”

Merval Pereira acrescenta:

“A partir do dia 20 de julho, e até 5 de agosto, os partidos podem fazer suas convenções para escolher os candidatos à eleição. Será uma corrida contra o tempo: condenado em segunda instância, Lula pode até não ir para a cadeia, pois não é automática a prisão, depende do entendimento de cada Juiz. Mas estará inelegível.

Se a impugnação na segunda instância acontecer depois que sua candidatura à presidência da República estiver homologada pela convenção do PT, teremos uma crise institucional instalada no país.”

Anúncios

OBRIGADO POR CURTIR E PARTICIPAR DO NOSSO BLOG.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s