POLÍTICA

“O USO PARTIDÁRIO DA UNE É UM ESCÁRNIO COM TODOS OS BRASILEIROS”

O AN&F revelou que a nova presidente da UNE, Marianna Dias, não estuda pedagogia na UNEB, ao contrário do que ela e a entidade estudantil informaram quando da eleição, no último fim de semana.

A deputada Cristiane Brasil, que seria a presidente da enterrada CPI da UNE, publicou a seguinte nota:

“Sobre a eleição recente da UNE:

– Os 30 milhões de reais repassados pelo governo petista para a construção da sede da entidade no Flamengo, que não está pronta, nunca foram explicados;

– As doações para membros de partidos de esquerda e a evidente partidarização da instituição como braço da esquerda contrariam o seu próprio estatuto;

– A morte do ‘estudante’ que ajudou a ocupar faculdades para causas ideológicas nunca foi explicada;

– A entidade que deveria apoiar os estudantes elegeu como presidente a ‘estudante’ Marianna Dias, que entrou na faculdade em 2009 e saiu em 2015 sem se formar, mais um flagrante de desrespeito ao próprio estatuto.

Há mais de ano, por meio de diversos pedidos de CPI que nunca foram instaladas, tento fazer com que essa ‘caixa preta’ de tantos escândalos finalmente seja aberta. Primeiro para prestar contas aos verdadeiros estudantes, depois à toda sociedade brasileira. Agora, além de usar todos os meios de pressão que puder no Congresso, vamos denunciar o caso ao Ministério Público. O uso partidário da UNE é um escárnio com todos os brasileiros, precisa ser investigado e punido, assim como manda a lei e o seu próprio estatuto.”

Anúncios

OBRIGADO POR CURTIR E PARTICIPAR DO NOSSO BLOG.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s