ÚLTIMAS NOTÍCIAS

TASSO JEREISSATI: “NINGUÉM FALOU EM ENTRAR NA LINHA DO PT”

Tasso Jereissati repetiu para a Folha de S. Paulo aquilo que disse para O Globo.

Michel Temer, segundo ele, está podre, mas deve se agarrar à poltrona até o fim de seu mandato.

Diante disso, o PSDB precisa renunciar aos seus cargos no governo e, ao mesmo tempo, impedir que a economia afunde.

2018 está longe.

Leia um trecho de sua entrevista:

Como o PSDB vai se posicionar em relação à denúncia que deve ser oferecida contra Temer?

A crise não vai se aprofundar apenas por causa da decisão eventual da PGR. Estamos vivendo um sistema político que apodreceu e morreu. A corrupção que era de batedor de carteira virou de quadrilhas internacionais.

Se o sistema político está podre, por que o PSDB continua num governo desse sistema?

Ninguém falou em romper com o governo Temer, em entrar na linha do PT. Estamos dentro desse sistema que apodreceu e a saída só se dará por meio de reformas. Estar dentro do governo significaria continuarmos dentro de um sistema que temos que mudar. Não temos condições éticas e morais para tentar mudar isso estando no governo.

O sr. quer dizer que a decisão do partido –de permanecer no governo– não é adequada?

Ficar no governo em si é detalhe. O que é importante é que precisamos fazer uma autocrítica profunda, reconhecer que a população não aguenta mais o que está aqui.

O sr. continuará defendendo que o PSDB saia do governo?

Sim, mas isso não é pedir “Fora, Temer”, não é pedir o impeachment. Eu acho difícil que o presidente saia.

Temer tem condições éticas de continuar governando?

Não tenho condições de dizer se ele é culpado ou não, mas tenho condições de dizer que, praticamente com todo o seu gabinete preso, processado ou pego em flagrante, e as próprias gravações com ele, ele precisa muito rapidamente comprovar sua inocência para ter autoridade suficiente para levar esse momento difícil.

O PSDB está à procura de um pretexto para romper com Michel Temer.

O TSE falhou. Tasso Jereissati conta agora com o STF.

Ele disse à Folha de S. Paulo:

Em que momento o PSDB vai precisar reavaliar seu apoio?

A reavaliação já está sendo feita. Estamos atrasados.

O sr. diz que o PSDB não quer “Fora, Temer”, mas quer recorrer da decisão do TSE que o livrou da cassação.

Demos início a esse processo, passamos anos no microfone dizendo que a eleição foi financiada por corrupção com dinheiro público. Então, vamos recorrer, sim.

Mas esse recurso pode ter um efeito prático, que é a cassação do presidente.

Se a Justiça chegar à conclusão de que houve [abuso], que se cumpra a lei.

Sobre Silvan Magalhães (2809 artigos)
Francisco Silvan Magalhães Moreira, 52 anos, natural de Pedra Branca - Ceará, formado em Administração de Empresas e Pós-Graduado em Perícia e Auditoria Ambiental.

OBRIGADO POR CURTIR E PARTICIPAR DO NOSSO BLOG.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: