JUSTIÇA

ME ENGANA QUE EU GOSTO ELEITORAL

O procurador da República no Rio Grande do Norte Rodrigo Teles chamou de “ficção” as contas de campanha de Henrique Alves, acusado de receber propina na construção da Arena das Dunas.

“O que a gente vê é que até mesmo em outros casos a Justiça Eleitoral ou ela é muito facilmente enganada ou ela se deixa enganar muito facilmente, o que acaba aprovando contas que, na verdade, são uma ficção”, disse o procurador.

O que existe no Brasil não é prestação de contas eleitorais, mas um “me engana que eu gosto” eleitoral.

Anúncios

OBRIGADO POR CURTIR E PARTICIPAR DO NOSSO BLOG.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s