COMPRA DE AÇÕES E LENIÊNCIA SEM ACORDO

Postado em Atualizado em

A JBS negocia a compra dos 6,6% das ações do grupo que ainda estão nas mãos da suspeitíssima offshore Blessed Holdings. O valor supera R$ 1,5 bilhão.

Como já comentamos aqui anteriormente, a Blessed, sediada em Delaware, está em nome de duas seguradoras – baseadas nas Ilhas Cayman e em Porto Rico – que pertencem ao americano Colin Murdoch-Muirhead.

Resultado de imagem para JBS

A empresa já teve 13% da JBS, mas o percentual foi reduzido após uma reestruturação societária do grupo.

Como publicamos no início da semana, Wesley Batista, na Operação Bullish, disse que Joesley sabe quem é o dono da offshore, mas nada foi dito em sua delação premiada e ele não precisará mais depor à PF naquela investigação.

O segredo está muito bem guardado e desaparecerá em breve.

o MPF e a JBS não chegaram a um acordo na negociação da leniência. O MPF cobrou R$ 11 bilhões de multa, mas o grupo ofereceu apenas R$ 1,4 bilhão.

Por enquanto, não está bom para nenhuma das partes.

OBRIGADO POR CURTIR E PARTICIPAR DO NOSSO BLOG.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s