JOESLEY PROMETEU A TEMER 5% DO LUCRO DE NEGÓCIO COM TERMOELÉTRICA

Postado em Atualizado em

Já com Michel Temer na Presidência, Joesley Batista acertou com Rocha Loures o pagamento de 5% sobre o lucro da operação de uma termelétrica, o que renderia ao presidente cerca de R$ 50 milhões.

A J&F precisava do CADE para quebrar o monopólio da Petrobras. O empresário expôs o problema a Loures, que ligou para Gilvandro Araújo, presidente interino.

“Rodrigo referiu-se a Gilvandro como ‘um dos nossos meninos'”, disse Joesley.

Joesley “conta que ofereceu ainda lançar mais créditos na planilha de Temer à medida que outras intercessões de Temer e Rodrigo em favor do Grupo J&F fossem bem-sucedidas em negócios, tais como energia a longo prazo e destravamento das compensações de crédito de PIS/Confins com débitos de INSS. Rodrigo também aceitou”.

No anexo 9, Joesley Batista conta que, quando Michel Temer chegou à Presidência, lhe fez vários pedidos.

Em especial, o empresário quis que Temer interviesse no BNDES para evitar que o banco vetasse a mudança da sede da JBS para o exterior. O canal para esses contatos era Geddel Vieira Lima.

OBRIGADO POR CURTIR E PARTICIPAR DO NOSSO BLOG.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s