TEMER: “NÃO RENUNCIAREI”

Postado em Atualizado em

A renúncia imediata de Michel Temer é avaliada por lideranças parlamentares como a melhor solução para que Rodrigo Maia convoque logo eleições indiretas.

Quanto mais tempo Temer ficar no cargo, maior será a pressão do movimento lulista por uma eleição direta.

Porém, Michel Temer se pronuncia neste momento no Palácio do Planalto. Ele iniciou seu discurso dizendo que nesta semana teve seu melhor e seu pior momento.

Michel Temer chama as gravações autorizadas pela Polícia Federal de “clandestinas”. Diz que não autorizou pagamentos a Eduardo Cunha. “Não comprei o silêncio de ninguém, porque não temo nenhuma delação.”

“Não preciso de cargo público nem de foro especial.”

Temer diz ainda que Joesley Batista comentou, sim, com ele sobre uma “ajuda à família” de um parlamentar que mantinha relação com o dono da JBS.

Michel Temer diz que não renunciará e exige uma investigação rápida. “Se foram rápidos nas gravações clandestinas, devem ser rápidos na investigação.

“Quando Michel Temer diz “não renunciarei”, entenda-se “não renunciarei ao foro privilegiado”.

Ele diz que não precisa, mas precisa, sim.

 

OBRIGADO POR CURTIR E PARTICIPAR DO NOSSO BLOG.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s