JBS NÃO É JAIR BOLSONARO DA SILVA

Postado em

De olho em 2018, Jair Bolsonaro aproveitou a repercussão da delação de Joesley Batista para enviar à sua lista de contatos a seguinte mensagem:

“Alguém avisa à Folha de S. Paulo que JBS não é ‘Jair Bolsonaro da Silva’.”

Na campanha eleitoral de 2014, o deputado devolveu R$ 200.000,00 depositados pelo Partido Progressista em sua conta a título de repasse de doação feita pela JBS ao Diretório Nacional.

Com a mensagem desta quinta-feira, Bolsonaro encaminhou também um vídeo em que lembra o episódio para uma plateia de apoiadores:

“A Friboi tinha acabado de pegar em torno de R$ 7 bilhões do BNDES. Se você quiser pegar lá um real emprestado, você vai ter que suar muito. Pra Friboi, saiu numa boa. E a Friboi estava doando naquele momento R$ 362 milhões para partidos políticos. Tá na cara que tem maracutaia. Não quero essa grana. Lógico que gente brincou comigo: ‘Pô, deputado, dá pra mim’. Mas devolvemos. Ser honesto não é virtude, é obrigação. É isso que desperta por vezes o ódio de algum político.”

O vídeo se encerra com Bolsonaro lançando uma frase para a plateia completar.

“E eles continuam me chamando de tudo, só não me chamam de…”

“Corrupto!”, gritam os apoiadores.

O apocalipse de PT, PMDB e PSDB tende a fortalecer, entre outras, a pré-candidatura do deputado.

OBRIGADO POR CURTIR E PARTICIPAR DO NOSSO BLOG.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s