DELATOR FORJOU CONTRATO PARA OCULTAR LULA NO SÍTIO

Postado em

Image result for ODEBRECHT - Emyr Costa

O engenheiro civil Emyr Costa disse à PGR que auxiliou Roberto Teixeira, compadre e advogado de Lula, a redigir um contrato falso para maquiar o envolvimento da Odebrecht na reforma do sítio.

Numa reunião com Teixeira e Alexandrino Alencar, Costa disse que as despesas da obra seriam pagas em dinheiro vivo e que seria subcontratada uma empreiteira menor para executar o serviço.

Teixeira sugeriu que o engenheiro procurasse o empreiteiro para elaborar um contrato de prestação de serviços em nome de Fernando Bittar.

O próprio delator sugeriu que fosse colocado no contrato o valor de R$ 150 mil, e não os R$ 700 mil gastos, para que o gasto ficasse compatível com a renda de Bittar.

“Eu fui lá para que não aparecesse que foi feito pela Odebrecht em benefício de Lula. Vai lá e faz um contrato entre Bittar e Carlos Rodrigo do Brato, que tem uma construtora. Colocamos 150 mil e eu fiz o contrato pessoalmente, marquei uma reunião, levei o contrato, pedi para ele assinar e emitir uma nota no valor do contrato. Ele me devolveu e eu e eu voltei um dia antes para o senhor Roberto Teixeira eu fui sozinho e me registrei novamente na portaria.”

OBRIGADO POR CURTIR E PARTICIPAR DO NOSSO BLOG.

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s